Adquira sua passagem de ônibus

Origem
Destino
Partida
Retorno
(Opcional)

5 Museus do Rio de Janeiro Que Valem a Pena Visitar!

Piscina do museu do Amanhã

Os Museus do Rio de Janeiro são um capítulo à parte em meio a tantos lugares incríveis para conhecer na cidade maravilhosa.

Como ela respira cultura e é berço de grandes artistas brasileiros, os Museus e Centros Culturais se tornaram pontos turísticos imperdíveis – e cheio de riquezas para ir embora apaixonado.

No texto de hoje, separamos 5 opções para quem vai ao Rio e não sabe bem o que vale a pena visitar durante a estadia. Confira mais abaixo!



Conheça 5 Museus do Rio de Janeiro e dicas sobre eles!

Abaixo separamos, além dos museus do Rio de Janeiro, algumas dicas interessantes sobre eles, como o transporte mais adequado para chegar, o que levar na visita e quanto tempo ela demanda para ser completa e bem aproveitada. Dê uma olhada e aproveite sua viagem ao máximo!

+ Veja Também Saiba Como Usar o Tour Virtual da Rodoviária Novo Rio!

1 – Museu do Amanhã

Museu do amanhã Fonte: Museu do amanhã

A primeira dica de Museu no Rio é o famoso Museu do Amanhã. Construído na Zona Portuária e projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o local abriga obras incríveis e se tornou um dos pontos turísticos mais importantes dessa região revitalizada.

A ideia central do Museu é explorar as possibilidades do que irá acontecer no futuro do nosso planeta, com exposições, espaços multimídia e salas incrivelmente projetadas para encantar adultos e crianças.

A dica é sempre dar uma olhada no site oficial e descobrir o que está em exposição quando você estiver de passagem pelo Rio – algumas ficam por um tempo e depois são substituídas por novas.

Entre as exposições principais, está a “Cosmos” que aborda de uma forma bastante interessante nossa vida no planeta e nossa origem – além, claro, do nosso amanhã.

+ Veja Também Saiba Como Chegar e Sair da Rodoviária Novo Rio Usando o VLT!

Como chegar ao Museu do Amanhã

VLT na Praça Mauá Fonte: Como viaja

Localizado na Zona Portuária, na Praça Mauá, o Museu do Amanhã conta com um transporte público de alta qualidade e recém-construído, o VLT.

Para quem sai da Rodoviária Novo Rio, basta atravessar a rua equador e ir até a estação, onde estão localizados diversos canais de autoatendimento para comprar o Bilhete Único. Depois disso, basta embarcar na L1 e descer na estação “Parada dos Museus”.

O que levar na visita

Pessoas entrando no museu do Amanhã Fonte: Museu do Amanhã

O museu conta com café e restaurante e não permite que seja consumido bebidas ou alimentos nas salas de exposição. Portanto, se você quiser economizar nesse sentido, vale a pena levar lanchinhos na mochila e comer nas proximidades da praça ou no contorno da piscina exterior do museu.

Para quem vai de transporte público e quer explorar a cidade, o Bilhete Único é fundamental e permitirá a ida a vários outros pontos próximos, seja de VLT, ônibus ou metrô.


2 – Museu Histórico Nacional

Fachada do Museu Histórico Nacional Fonte: Instituto Brasileiro de Museus

O Museu Histórico Nacional está localizado na Região central do Rio de Janeiro, mais especificamente na Praça Marechal Âncora. Totalmente dedicado à nossa história e a contar como o Brasil se tornou o que é hoje, ele é considerado um dos mais importantes Museus da cidade e também do país.

As exposições se dividem entre longa duração, temporárias e itinerantes – todas com o mesmo propósito: mostrar como foi nossa trajetória até aqui, cultura e politicamente.
Entre os destaques, está a exposição “Do Móvel ao Automóvel” que conta hoje com um acervo bem interessante de veículos de época, como carruagens e carros antigos.

Como chegar ao Museu Histórico Nacional

O Museu também está muito bem localizado, pertinho de uma estação do VLT. Para quem sai da Rodoviária Novo Rio, basta pegar a Linha L1 na rua Equador e seguir até a Estação Colombo. De lá, será preciso caminhar alguns minutinhos até a Praça Marechal Âncora, pois são apenas 900 metros de distância, em média.

O que levar na visita: A mesma regra do Museu do Amanhã vale para o Museu Histórico Nacional, que é a de não comer nas salas de exposições. Para quem quer economizar, vale a pena levar um lanche na mochila ou comer nos arredores. Pertinho da Estação está a Confeitaria Colombo, uma das mais bonitas da cidade – e que merece uma parada para visita!

+ Veja Também Museu de Arte do Rio: Como Chegar, Ingressos, Atrações e Dicas!

3- Museu da Arte do Rio

Prédios do Museu de Arte do Rio Fonte: Praça Maua

O Museu de Arte do Rio é, além de rico em acervos e exposições, um marco arquitetônico para a cidade. Instalado em um dos prédios mais icônicos e antigos do Rio de Janeiro, o Museu possui diversos andares e dois blocos.

No topo do MAR está localizado um mirante voltado para a Zona Portuária e onde está também um restaurante cheio de charme e que merece sua visita!

O Museu fica exatamente na praça Mauá, uma região que foi revitalizada e hoje conta com inúmeros projetos sociais para continuar sendo considerada um espaço turístico seguro e facilmente acessado por meio do transporte público de qualidade.

Entre os destaques das exposições, podemos citar a “O Rio do samba: resistência e reinvenção”, que conta a história do carnaval carioca e como ele se transformou na maior festa popular do país.

Independente das exposições, o MAR é um ponto turístico imperdível na cidade, especialmente pela sua imponência arquitetônica que pode ser vista de longe!

Como chegar ao Museu da Arte do Rio

Museu da Arte do Rio Fonte: Fui ser viajante

O MAR fica na Praça Mauá e pode ser acessado por meio do VLT, assim como os demais. Para quem vem da Novo Rio, o trajeto é simples: pegue a linha L1 e siga até a estação “Parada dos Museus”. De lá, a caminhada é de apenas 2 minutos por 87 metros.

O que levar na visita: Leve a carteirinha de estudante para pagar meia entrada, que hoje custa R$10,00. Para os demais, a identidade pode ser necessária. O Museu aceita os mais diversos cartões de crédito e o pagamento pode ser feito na hora ou através do site oficial.

Como há um restaurante no local, não é necessário levar lanche, embora quem desejar economizar possa aproveitar para comer na praça ou nos pontos mais acessíveis da região. Porém, indicamos que você conheça o terraço para tirar fotos do mar e da região portuária, que está revitalizada e muito bonita!

O MAR é um passeio imperdível e que merece ao menos meio período de dedicação total. Como sugestão, indicamos que você vá no período da tarde, quando será possível ver o pôr-do-sol na parte mais alta do prédio.

4- Museu de Arte Moderna

Fachada do Museu de Arte Moderna Fonte: Wikipedia

O Museu de Arte Moderna do Rio, também conhecido como MAM, é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade – e um dos mais importantes para quem quer fazer um tour cultural pela região.

Conhecido especialmente pela Arte moderna e exposições incríveis, o MAM merece uma visita de pelo menos meio período para ser curtido aos poucos. Apenas a sua arquitetura já faz com que os turistas e visitantes fiquem encantados: com colunas gigantescas em toda a fachada, o MAM vai te render ótimas fotos!

Entre o acervo fixo, as pinturas são os destaques. São centenas de obras de pintores modernistas famosos, como Di Cavalcanti. Vale muito a pena conhecer o Museu de Arte Moderna no Rio em qualquer época do ano!

Como chegar ao Museu de Arte Moderna: Também pertinho de uma estação do VLT, é possível chegar ao MAM apenas com o transporte público para quem sai da Rodoviária Novo Rio ou de outros pontos da cidade.

Basta pegar a linha L1 e seguir até a Estação Cinelândia. De lá, são apenas 700 metros de caminhada até o Museu.

O que levar na visita: O MAM é um Museu pago, portanto, vale a pena levar dinheiro ou cartão para fazer o pagamento. Para quem é estudante, o valor é metade – cerca de R$7,00 até o momento – e será preciso estar com a carteirinha para conseguir o desconto. Como nos demais Museus do Rio de Janeiro, há sempre pontos próximos para comer, então, leve um lanchinho apenas se estiver tentando economizar.


5- Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro Fonte: Wikipedia

Por fim, nossa última dica para um passeio cultural incrível é o Centro Cultural Banco do Brasil, localizado na região central da cidade. Nele, há diversos pontos que encantam o turista, como a imensa biblioteca com um acervo incrível e a arquitetura neoclássica, que irá te render suspiros.

O local recebe inúmeras exposições, apresentações e uma série de agitos culturais na cidade, como teatros e aulas diversas. São mais de 19 mil metros quadrados de salas e espaços reservados especialmente para a cultura da cidade!

Vale a pena fazer uma visita à biblioteca e conhecer um pouco do prédio de perto!

Como chegar ao Centro Cultural Banco do Brasil: Também pertinho de uma estação do VLT, quem sai da Novo Rio pode chegar no Centro Cultural com apenas uma linha. Basta ir até a estação na rua Equador e seguir pela L1 até a estação “Candelária.” De lá, é só caminhar por 4 minutos e percorrer 400 metros até o local.

O que levar na visita: A entrada é gratuita, com exceção de algumas exposições ou apresentações específicas. Em caso de dúvidas, dê uma olhada no site oficial e veja como está o valor para o dia da sua visita. Leve carteirinha de estudante e documento.

Gostou das nossas dicas sobre os principais Museus do Rio de Janeiro? Não deixe de compartilhá-las com seus amigos nas redes sociais!